O que é o jogo compulsivo?

O jogo compulsivo é uma doença, progressiva por natureza, que não pode ser curada, porém pode ser detida.
Antes de se juntarem aos Jogadores Anónimos, muitos jogadores compulsivos
 consideram-se moralmente fracos, ou simplesmente que 'não prestavam'.
A visão dos Jogadores Anónimos é que os jogadores compulsivos são pessoas realmente doentes, que podem recuperar se derem o melhor de si, para seguir um programa que provou ser um sucesso para milhares de outras pessoas com problemas com o jogo ou o jogo compulsivo.

 

título do depoimento:

 

 

 

 

 

 
título do depoimento: Impotente perante o jogo
depoimento:
Já passaram cerca de seis anos quando fiz a primeira aposta.
No início encarava o jogo com uma mera distração, visitava o casino uma vez por semana, e não registava perdas significativas. Aliás, por vezes, ainda trazia algum dinheiro que servia para pôr gasolina no carro ou comprar alguma coisa. A chamada fase de "enamoramento" durou algum tempo, mas com o passar do tempo, tornou-se em algo mais sério e viciante. Durante largos anos, comecei a apostar cada vez mais na ânsia de ganhar algum prémio, as visitas semanais transformaram-se, rapidamente, em visitas diárias ao casino. 

A compulsão de jogar tomou conta de mim, conduzindo a minha vida para o abismo. O jogo tornou-se incontrolável, trouxe a ansiedade, o desespero, a falta de dinheiro, o isolamento, a mentira, a culpa e uma certa exaustão psicológica. Sintomas que me atormentaram durante vários anos, prejudicando a minha relação com familiares, amigos e colegas. Para além da limitação financeira (com dívidas) acrescia a instabilidade psicológica, que se refletia em todas as dimensões da minha vida. 

Quando finalmente reconheci a impotência perante o jogo e fui, felizmente, descoberto por familiares, tive que pedir ajuda! Foi assim que conheci os Jogadores Anónimos, grupo de homens e mulheres que partilham a mesma adição. Neste grupo encontrei pessoas que compreendiam a minha dor, que partilhavam do mesmo sofrimento e angústia e tinham passado por caminhos similares ao meu. Ali encontrei as palavras reconfortantes de quem conhece bem o jogo. Mas, também, descobri um programa de recuperação constituído por 12 passos. Nas partilhas dos companheiros, encontrei a identificação do meu problema, e descobri algumas ferramentas para controlar o impulso de jogar.

Foi deste modo e com o apoio dos JA que consegui parar de jogar há cerca de seis meses! 
 

 

Notícias

20-11-2013 16:44
Na página Depoimentos, pode partilhar a sua experiência connosco. Partilhe a sua experência. Outros...