Nova Vida

20-11-2013 16:23

Depois de muitos anos, como jogador compulsivo, desconhecendo por completo esta doença, acabei assistindo ás reuniões, por indicação, de pessoa amiga, que conhecia a comunidade.
Já lá vão seis anos e sete meses, e nunca mais voltei a fazer uma aposta.
Tudo mudou na minha vida, hoje sou feliz, com o que tenho, sabendo que nada na vida, se consegue sem trabalho, e esse trabalho tem sido para mim, não desistir das reuniões semanais, e procurar viver um dia de cada vez.
Acho que sou hoje, melhor do que seria, se não conhecesse o programa dos Jogadores Anónimos.
Percebi que quanto mais dou, mais recebo, não de uma forma material, mas no sentido da serenidade e paz que outrora nunca havia conhecido.
Por tudo o que fizeram por mim, um imenso obrigado de gratidão sem limites.

Joao

título do depoimento:

 

 

 

 

 

 
título do depoimento: Estou sem Norte
depoimento:
Boa tarde,

Hoje bati completamente no fundo, não sei o que fazer, tenho uma familia maravilhosa mas não arranjo forças para lhes contar o meu problema.

Creio que o meu companheiro me vai por fora de casa, tenho medo muito medo do que se passará, anadei a adiar para ver se jogando conseguia obter o dinheiro que tirei das contas e só piorei a situação.

sinto um nó apertado estou cheia de calamantes, para ver se arranjo coragem. Por favor me ajudem, ainda tenho filhos que precisam de mim.

Fiz a asneira agora tenho que arranjar forças para sair dela.

 

Boa tarde,

Hoje bati completamente no fundo, não sei o que fazer, tenho uma familia maravilhosa mas não arranjo forças para lhes contar o meu problema.

Creio que o meu companheiro me vai por fora de casa, tenho medo muito medo do que se passará, anadei a adiar para ver se jogando conseguia obter o dinheiro que tirei das contas e só piorei a situação.

sinto um nó apertado estou cheia de calamantes, para ver se arranjo coragem. Por favor me ajudem, ainda tenho filhos que precisam de mim.

Fiz a asneira agora tenho que arranjar forças para sair dela.